Brasileiros descobrem como melhorar queijos


Pesquisadores da Universidade Federal de Lavras, em Minas gerais, desenvolveram uma tecnologia que usa leveduras para melhorar a qualidade dos queijos da Serra da Canastra. No laboratório, as leveduras foram isoladas, identificadas e caracterizadas por seus aspectos tecnológicos. A partir disso, foram produzidos diversos lotes de queijos com essas leveduras. Quando os microrganismos são adicionados na amostra, causam um acréscimo de qualidade como aroma, sabor e textura. A melhoria no produto originou uma patente e três publicações em revistas de renome internacional. Os pesquisadores afirmam que o queijo obtido em laboratório, é macio por dentro e com casca firme, bem similar ao queijo tradicional da Canastra. O estudo que iniciou em 2014, faz parte do Programa de Pós Graduação em Microbiologia Agrícola da Universidade. Esse tipo de trabalho é inédito no Brasil e também estuda o papel probiótico desses microrganismos para os consumidores.